A Will Eternal

125 - O Velho Predador Noturno

Tradutor: Fordring | Revisor: yYong

A habilidade divina que Bai Xiaochun tinha nomeado como Grande Magia de Controle Humano se tornou num tipo de jogo para as bestas. Eles frequentemente se pegavam flutuando misteriosamente no ar, só para caírem momentos depois.

Ocasionalmente, eles iriam se levantar em duas pernas. As bestas não estavam assustadas pelo que estava acontecendo, e na verdade, achavam isso bem divertido. Chegou ao ponto onde algumas das bestas menores iriam correr em direção a Bai Xiaochun assim que elas o vissem, esperando que pudessem se divertir jogando um novo jogo.

Algumas das bestas maiores como o tigre voador algumas vezes viam Bai Xiaochun balançando seu dedo para eles e murmurando algo para si. Pouco tempo depois, ele suspirava e ia embora parecendo meio depressivo. Tais bestas estavam confusas sobre o que exatamente Bai Xiaochun estava fazendo.

Um mês depois, ele decidiu abandonar temporariamente seu trabalho com a Magia.

“Eu definitivamente posso fazer essa magia funcionar.” ele pensou. “Quando eu fizer, ela irá tremer os céus e a terra. Entretanto, eu preciso ir devagar. Uma vez que eu ficar mais forte, eu posso cultivá-la até a perfeição!” Ele realmente não queria desistir, mas depois de um mês sem nem um pingo de progresso, ele tinha que admitir que era hora de seguir em frente. Ele estava a ponto de começar a cultivar o Reino das Águas novamente quando ele subitamente pensou nas asas espirituais que ele possuía.

“Quando aquela velha vovó me deu a Pérola Protomagnética e essas asas espirituais, ela disse algo sobre Repulsão Arcana Gravitacional…” Com os olhos brilhando, ele pegou as asas para examiná-las. Depois de alguns dias de estudo, ele percebeu que ele novamente estava lidando com algo que teria que esperar até o futuro.

Depois de um tempo, ele enterrou suas ambições e começou a cultivar o Reino das Águas.

O tempo passou, e sem perceber Bai Xiaochun esteve na Margem Norte por dois anos. Já a Semente de Geração de Besta, ela já tinha se tornado uma Flor de Geração de Besta de três metros de altura, apesar dela não ter florescido ainda. De acordo com os cálculos de Bai Xiaochun, não demoraria muito até a flor se abrir.

Em relação ao Reino das Águas, ele cultivava constantemente, e ele ficou cada vez mais impressionante. Quando quer que ele usasse, sons trovejantes podiam ser ouvidos, e um poder estranho que não vinha desse mundo, aparecia ao redor dele.

Nesse ponto, ele já tinha passado tempo observando todas as mais de novecentas bestas no Conservatório. Ele as conhecia como a palma de sua mão, e ainda, seu espírito de essência vital ainda não tinha tomado forma.

“Não me diga que minhas observações são insuficientes? Eu provavelmente devo observar algumas bestas mais poderosas.” Ele pensou sobre o assunto por um tempo, e finalmente, olhou na direção do Abismo das Bestas Ancestrais. Depois de um momento de hesitação, ele decidiu que ir lá era muito perigoso. Com isso, seus olhos começaram a brilhar, e ele se virou para olhar para os quatro picos montanhosos da Margem Norte.

“Cada um dos quatro picos tem uma besta espiritual guardiã!”

No topo de cada um dos picos das montanhas estava uma besta extremamente poderosa designada a proteger aquela montanha. Apesar de nenhuma delas se compararem com o Dragão Negro de Chifre Celestial, todos eles eram extraordinários a seu modo.

De alguns a alguns dias, eles iriam aparecer abertamente, ou voando no céus, ou rugindo bem alto até tremer toda a área. Quando isso acontecia, grandes números de discípulos olharam em espanto e inveja.

Em seu tempo na Margem Norte, Bai Xiaochun tinha notado esse fenômeno. Isso era especialmente verdade para a fênix de sete cores do Pico da Pétala de Íris, que tinha deixado uma impressão profundamente peculiar nele.

Depois de se decidir, ele se apressou para fora do Conservatório. Logo, ele estava  no caminho levando através da plataforma de duelos. Não era a primeira vez que ele colocava os olhos na grande estátua da besta embaixo dela. Cada vez que ele o fazia, ele tinha uma sensação bem estranha, que era a mesma que acontecia com muitos dos discípulos que estudaram a estátua.

Suas observações sobre ela no passado não tinham trazido ganho a ele, então eventualmente, ele parou de prestar atenção. Enquanto ele estava passando dessa vez, aconteceu de ele passar o olho por um momento antes de voltar a fixar seu olhar no Pico Pétala de Íris.

Enquanto ele se preparava para se apressar naquela direção, seu coração se apertou, como se uma coisa perigosa estivesse a ponto de acontecer. As Asas Protomagnéticas apareceram em suas costas, e ele acelerou em frente uma dúzia de metros.

Mesmo enquanto ele se movia, um vulto negro acelerou pelo ponto onde ele estava parado, e um som aterrorizante de batida soou, como se duas fileiras de dentes afiados fizessem contato.

O vulto negro se mostrou ser um grande cachorro preto, com aproximadamente três metros de altura. Era como um touro jovem, embora um pouco emaciado, com pêlo áspero que o fazia parecer como um cachorro selvagem. Ele estava atualmente encarando Bai Xiaochun com uma expressão feroz em seu rosto. Saliva escorria de suas presas afiadas, e seus olhos brilhavam com um vermelho, vermelho de insanidade.

Bai Xiaochun estava tão chocado que suor escorria de sua testa. Entretanto, assim que ele colocou seus olhos no cachorro, ele o reconheceu.

“Hey, você não é o Predador Noturno do Beihan Lie? Você -” Antes que ele pudesse terminar de falar, o cão negro tremeu e então correu para longe. Aparentemente, se ele não acertasse de verdade no primeiro golpe, ele iria recuar a qualquer custo.

Bai Xiaochun estava um pouco surpreso. É claro, ele não estava sozinho na área. Havia outros discípulos da Margem Norte ao redor, e eles imediatamente reconheceram o cão. Arfadas podiam ser ouvidas, e logo as pessoas estavam discutindo o assunto entre si.

“Aquele era o Predador Noturno do Irmão Beihan. Que pobre cachorrinho. Irmão Beihan agora se recusa a cuidar dele, e ninguém mais ousa se aproximar dele. Mesmo os Anciãos se sentem mal em relação a isso.”

“Sim, é verdade. Desde aquele dia, o Predador Noturno pode ser visto ocasionalmente vagando ao redor da Margem Norte. Uma vez eu o vi numa colina, olhando para a noite. Ele parecia triste.”

“Que pena. Aparentemente, ele estava tentando emboscar Bai Xiaochun…”

Bai Xiaochun piscou. Depois de ouvir algumas das coisas que as pessoas estavam dizendo, ele se sentiu mal. Olhando na direção que o cão fugiu, ele resolveu descobrir sobre o porquê ele queria embosca-lo.

“O quê mais eu poderia ter feito naquela situação?” Ele pensou, suspirando. “Eu falei a Beihan Lie que ele devia admitir a derrota. Eu até mesmo disse a ele que eu temo meus próprios ataques.” Suspirando novamente, ele se virou e se dirigiu na direção do Pico Pétala de Íris.

Como um discípulo de Prestígio, ele tinha quase acesso ilimitado a várias localizações da Seita, mesmo na Margem Norte. Depois de escalar cuidadosamente até o topo do Pico, ele se aproximou da caverna no topo, mas não entrou. Ao invés disso, ele se sentou de pernas cruzadas em uma pedra próxima, então esperou quietamente.

A espera durou três dias. Finalmente, um grito agudo soou no céu do alvorecer, perfurando as nuvens enquanto uma luz de sete cores começou a brilhar de dentro da caverna. Então, uma fênix de sete cores saiu voando, esticando suas asas enquanto ela alçava voo elegantemente no ar. Quando a luz do sol alcançou seu corpo, o reflexo das sete cores que era lançado era estonteante. Bai Xiaochun estava abalado enquanto ele percebia o nível aterrorizante de poder que estava contido naquela fênix. Mesmo com sua Pele Prateada, ele estava longe de ser comparado aquela coisa.

Enquanto observava, ele gravava a imagem da fênix em sua memória, encravando-a em seu coração. Ele a observou pelo tempo que levava para um incenso queimar, onde a fênix circundou a caverna, ignorando-o completamente no processo.

Respirando fundo, ele fechou os olhos e recuperou mentalmente a imagem da fênix de sete cores, então continuou a esperar. Outros cinco dias se passaram, e ao alvorecer, a fênix reapareceu.

Algum tempo passou. Bai Xiaochun ficou no Pico Pétala de Íris por vários meses para observar a fênix, retornando ocasionalmente para o Conservatório das Bestas para lidar com os vários assuntos antes de voltar apressado.

Os discípulos do Pico Pétala de Íris descobriram rapidamente sobre o assunto, e ficaram  um pouco confusos. A maioria das pessoas não prestaram muita atenção nisso, mas existiam alguns dos discípulos internos que começaram a especular sobre o que estava ele estava fazendo.

Outro mês se passou, e Bai Xiaochun sentiu que sua observação da fênix estava completa. Depois, ele se dirigiu para o Pico do Sol Poente.

A besta espiritual guardiã do Pico do Sol Poente era um corvo negro de três olhos. Ele tinha seis metros de comprimento, cercado por uma escuridão que distorcia o ar. Ele não saia muito; Bai Xiaochun só o viu duas vezes em um mês inteiro.

Quando quer que ele saísse, relâmpagos iriam aparecer na área. O corvo sempre aparecia na escuridão da noite, nunca durante a luz do dia.

Por causa disso, Bai Xiaochun se acostumou a continuar focado durante a noite. Três meses se passaram, e ele viu o corvo cinco vezes. Cada vez que ele aparecia, ele iria prestar atenção, e iria se devotar completamente a observação. Gradualmente, ele sentiu como se o seu espírito da essência de vida estivesse mostrando sinais de aparecimento.

A besta espiritual guardião do Pico do Arco da Passagem não era uma criatura voadora, mas ao invés, um lagarto enorme. Ele se movia devagar, mas irradiava uma energia incrível. Para Bai XIaochun, era muito mais fácil observá-lo; quando quer que ele emergisse da caverna, ele iria se empoleirar no maior pedregulho no topo do Pico, onde ele iria ficar olhando para longe.

Bai Xiaochun passou vários meses lá, e foi capaz de observá-lo em muitos mais detalhes do que a fênix de sete cores e o corvo de três olhos.

A besta espiritual guardiã do Pico Presa Fantasma era bem estranha. Quase não era bem apropriado chamá-lo de besta espiritual. Ele era um fantasma montanhoso. Ele parecia com uma fusão de incontáveis bestas, que formavam juntas uma montanha. Depois de ganhar consciência, ele se chamou de Fantasma Montanhoso.

Ele era uma forma humanóide, com um pêlo negro longo e olhos humanos que estavam localizados abaixo de sua mandíbula de lobo. Ele também tinha dois chifres curvados no topo de sua cabeça. Seu torso inferior era escamado como o de uma cobra, e ele tinha uma cabeça de tigre em seu peito. Esticando-se atrás dele estava uma cauda longa.

Ele carregava uma tridente ósseo fantasmagórico em sua mão para onde quer que ele fosse, e toda vez que ele aparecia em público, nuvens se formava sob o céu, cobrindo tanto o sol quanto a lua. Nas trevas que isso trazia, seus olhos brilhariam com uma luz misteriosa.

A mera visão dele deixou Bai Xiaochun tremendo de medo. Ele podia sentir que a coisa estava ciente de sua existência, mas ela estava tão acima dele que nem se importava em notá-lo. Quando quer que ele aparecesse no topo da montanha, ele iria jogar sua cabeça para trás e iria soltar um rugido sem som.

Esse rugido fazia com que várias pedras do Pico Presa Fantasmas tremessem, e elas só voltariam ao normal quando o fantasma voltasse para sua caverna.

O tempo passou, e Bai Xiaochun vagou entre as montanhas para continuar suas observações. Gradualmente, ele sentiu cada vez mais que seu espírito de essência de vida estava se formando. Entretanto, ele estava sentindo cada vez mais que ele tinha chegado a uma barreira que ainda precisava ser quebrada.

Os discípulos da Margem Norte perceberam gradualmente que ele estava observando as bestas espiritual guardiãs. A maioria não entendia o porquê, mas Xu Song, Beihan Lie, e os outros discípulos internos estavam bem certos do que estava acontecendo, e isso fez com que seus corações tremessem.

“Ele está cultivando o Reino das Águas!” Alguns dos discípulos internos chegaram a essa conclusão. Afinal de tudo, cultivar o Reino das Águas envolvia a observação a longo termo de várias bestas.

“O Reino das Águas é uma mágica secreta no mesmo nível do Fantasmas que Assombram a Noite… Entretanto, seus resultados diferem para cada pessoa que o cultiva. Alguns podem liberar um poder incrível, outros são muito fracos.”

“O fato que Bai Xiaochun está observando aquelas bestas implica que seus espírito de essência de vida ainda não nasceu…”

“Eu me pergunto qual será seu espírito…”

As discussões aconteciam entre os discípulos internos, e Bai Xiaochun continuou suas observações. O processo durou um ano.

Durante esse tempo, outros além dos discípulos internos começaram a prestar atenção no que estava acontecendo. Os lordes dos picos das quatro montanhas, o líder da seita, e mesmo Li Qinghou estavam todos observando secretamente o progresso de Bai Xiaochun com o Reino das Águas.

Todos eles estavam surpresos. Geralmente, observando as bestas do Conservatório deveria ter sido suficiente para formar o espírito do Reino das Águas. Mas isso não parecia o suficiente para Bai Xiaochun. Ele foi observar as bestas espiritual guardiãs das quatro montanhas. E ainda… isso também não parecia suficiente.

“O espírito de essência vital de Bai XIaochun parece ser difícil de se formar!”

“Espíritos de essência vital variam de pessoa pra pessoa. Eles se formam baseado no mundo oculto que existe em cada pessoa, e cria uma espírito ilusório misterioso e insondável…”

“O que será o espírito de essência de vida de Bai Xiaochun…?”

Todos observavam enquanto Bai Xiaochun concluía suas observações nas quatro bestas guardiãs. Com isso, ele arrastou-se pela Margem Norte, pensando sobre como ele não tinha mais nada para observar. Ele tinha um sentimento forte que ele estava a apenas um passo de avançar a barreira e dar vida ao espírito do Reino das Águas.

Entretanto, aquele único passo parecia infinitamente vasto.

Bai Xiaochun estava confuso, e inseguro sobre o que fazer depois. Enquanto ele andava pela Margem Norte, ele passou pela plataforma de desafios, e inconscientemente olhou para a estátua em baixo da plataforma.

Ele andou por esse local várias vezes, e cada vez que ele o fez, ele tinha uma sensação de que tinha algo estranho nessa estátua. Dessa vez, ele parou no lugar e olhou. Então, um tremor passou por ele, e seus olhos brilharam com incredulidade.