A Will Eternal

026 - Onde Estavam as Galinhas de Cauda Espirituais

Li Qinghou nunca esteve na área onde morava Bai Xiaochun. Afinal, era em uma área remota da montanha. Conforme foi chegando, logo conseguia ver, a distância, o pátio residencial.

Antes que ele pudesse chegar bem perto, surgiu uma figura bem clara, segurando um pedaço de carne assada em suas mãos, andando e comendo ao mesmo tempo. Ele aparentava estar bem ocupado em comer, estava até sussurrando um leve tom.

A face de Li Qinghou obscureceu ao perceber que a carne que estava enchendo a boca de Bai Xiaochun era definitivamente uma perna de galinha. Raiva se acendeu instantaneamente em seu coração.

“Bai Xiaochun!!” ele gritou, sua voz soando como trovão. Bai Xiaochun, que estava no meio do processo de chupar o osso de galinha, quase pulou ao ar de susto.

“Senhor do Pico Li!” ele ofegou, aumentando seus olhos. Ele sem pensar, colocou todo o osso de galinha na boca e vigorosamente o esmagou em pedaços e engoliu, seu rosto foi ficando roxo no processo.

Em toda a seita, a pessoa que ele mais temia era Li Qinghou, o que era especialmente verdade depois de comer tantas de suas galinhas. Bai Xiaochun sentia um pouco de culpa. Limpando o suor de sua testa, ele correu em direção a Li, parecendo extremamente charmoso e muito sincero quando ele apertou as mãos e se curvou em cumprimento.

“Discípulo o saúda, Senhor do Pico.”

Li Qinghou olhou para Bai Xiaochun, completamente inexpressivo. Por dentro, ele se sentiu um pouco machucado. Os ancestrais de Bai Xiaochun mostraram-lhe verdadeiramente uma grande gentileza, e Li Qinghou era o tipo de pessoa que valorizava isso com profunda importância. Apesar do que Bai Xiaochun obviamente havia feito, ele não poderia esquecer tudo o que ocorreu nesses anos atrás.

Os senhores do Pico da Crista Verde e Pico do Caldeirão Violeta vieram para conversar sobre algumas questões das Galinhas de cauda espirituais. Contudo as galinhas não eram necessariamente caras, Li Qinghou não poderia deixar outras pessoas criticarem seu próprio discípulo, então ele os compensava com o valor das galinhas várias vezes maior que o atual.

Ele olhou para Bai Xiaochun, se sentindo ainda mais irritado do que nunca por ele não estar vivendo acima da expectativa.

Li Qinghou bufou e então disse, “Você é um discípulo da Seita Externa há um pouco mais de meio ano, mas seu cultivo base só progrediu do terceiro nível de condensação de QI para o quarto. Feliz consigo mesmo?”

Bai Xiaochun piscou e limpou sua garganta, incerto de como responder. Contudo ele continuou a colocar um rosto charmoso, assumindo que por mais longo que ele mantivesse a atitude certa, as coisas poderia ocorrer bem no final. Quando se lembrou do fato de que estava a pouco mastigando uma pata de Galinha de cauda espiritual, ele não poderia se ajudar, apenas suar.

Li Qinghou sentiu uma dor de cabeça vindo. Depois de um momento de reflexão, ele calmamente continuou “Considerando como você tem brincado pelas redondezas, você obviamente tem muito tempo em suas mãos. Neste caso, porque você não entra para a competição, que ocorrerá em três meses, dos discípulos do quarto e quinto nível de condensação do QI? Será aqui mesmo no Pico da Nuvem Perfumada.”

O Coração de Bai Xiaochun começou imediatamente a bater forte. Ele já escutara sobre a competição a qual Li Qinghou se referia. Ele sabia que lá haveria recompensas a serem ganhas, mas também ouviu que as lutas eram difíceis. Se não fosse cuidadoso o suficiente, era possível até mesmo se ferir. Bai Xiaochun franziu o cenho.

“Senhor do Pico, eu estou somente no quarto nível de condensação do QI. Se eu participar da competição o que acontece se um deles acabar me batendo até a morte? O que eu deveria fazer…?”

Li Qinghou ignorou completamente a pergunta. Olhando seriamente ele disse, “Não é um pedido. Você irá competir. Acrescentando que se você não ficar entre os 5 primeiros, então eu irei…”

Bai Xiaochun suspirou. “Já sei, você irá me expulsar da seita, certo…?”

Li Qinghou o olhou fixamente. Sabendo o quão levado Bai Xiaochun era, ele percebeu que a ameaça de ser expulso da seita não seria suficiente para mantê-lo quieto. Lembrando o quanto Bai Xiaochun temia a morte, ele subitamente chicoteou suas mangas, varrendo Bai Xiaochun do pátio, fazendo-o voar em direção ao topo da montanha.

O coração de Bai Xiaochun começou a bater furiosamente. A inexpressão de Li Qinghou deu a ele um mal pressentimento. O vento golpeou seu rosto conforme ele voava para longe, antes mesmo de ter tempo para analisar a coisa, Li Qinghou o levou a uma localização atrás do Pico Fragrância de Nuvem.

Era uma área considerada restrita, um lugar que poucos discípulos visitaram. A primeira coisa que notou foi a densa vegetação por todo lado.

Ao pousarem na área, Li Qinghou empurrou Bai Xiaochun avante até chegarem em um vale. Quase imediatamente uma aura sinistra pôde ser sentida, e as várias plantas da área clarearam em cor, e começaram a apertar.

O coração de Bai Xiaochun acelerou ao olhar para as plantas, uma sensação de perigo iminente crescia em seu coração. Ele estava prestes a falar quando, repentinamente, uma víbora carmesim levantou a cabeça, agitando sua língua bifurcada enquanto olhava friamente para Bai Xiaochun.

“Cobra!” Bai Xiaochun não tinha escolha senão seguir Li Qinghou vale adentro, e quando o fez, ficou em choque quando percebeu que o chão, as plantas e mesmo as árvores daquele lugar estavam lotadas com incontáveis cobras.

Todas elas com cores claras, deixando óbvio que elas eram víboras. Além disso, todas elas começaram a olhá-lo inexpressivas, lustrosos olhos, línguas bifurcadas tremulando para dentro e para fora de suas bocas.

Bai Xiaochun começou a tremer. Ele sempre sentiu pavor de cobras, e a forma como estas o estavam olhando o deixou aterrorizado. Porém elas não aparentavam que iriam atacá-lo, suas longas presas encharcadas com veneno em uma beleza amedrontadora.

Foi nesse ponto que Bai Xiaochun lembrou que ele tinha sua Pele Imortal, e que essas víboras provavelmente não seriam capazes de morder através dela. Considerando que, mesmo se ali houvesse mais cobras do que já tinha, para ele elas eram perigosas igual fracas galinhas. Por fim, elas não eram tão amedrontadoras assim.

Contudo, seus olhos se viraram para cima em reflexão, e então percebeu o quão arriscado era não aparentar estar assustado. Se isso acontecesse, Li Qinghou provavelmente o levaria a um lugar ainda mais perigoso. Sendo assim, ele imediatamente soltou um grito, e tentou parecer o mais assustado possível.

Li Qinghou soltou uma fria baforada e então liberou seu cultivo base. As cobras que se contorciam lentamente se moveram para fora do caminho, fazendo uma pequena trilha, ao fim dela estava uma caverna escura que emanava um odor nocivo.

“Tio Li, me pe-perdoe, por favor!” Bai Xiaochun clamou com uma voz tremulante. “Eu não quebrei nenhuma regra da seita!” A face de Li Qinghou continuava inexpressiva enquanto pegava Bai Xiaochun e o carregava para dentro da caverna. Ao chegarem na boca da caverna, ele balançou suas mangas, o que fez a escuridão se encher com um pouco de luz.

Bai Xiaochun pode ver que a caverna estava repleta com inúmeras víboras, algumas delas bem grandes. O som do assobio que elas faziam aparentavam conter algum estranho e hipnotizante poder que ao mesmo tempo fez os olhos de Bai Xiaochun ficarem arregalados.

Uma sensação de crise floresceu e ele começou a sentir ansiedade ao perceber que o poder da cultivação base daquelas víboras era inesperadamente alto. Havia uma víbora de quatro cores que era comparável ao décimo quinto nível de condensação Qi.

Os olhares das cobras fez Bai Xiaochun sentir como se um gélido vento golpeasse suas costas. Então ele pensou sobre sua Pele Imortal e percebeu que ela não resistiria muito tempo contra aquelas cobras. Dessa vez ele não tinha de fingir, ele estava mesmo amedrontado.

“Esse é o Vale das 10.000 Cobras,” Li Qinghou disse calmamente, “ Onde nós colhemos veneno aqui no Pico Fragrância de Nuvem. Cada uma dessas cobras é extremamente venenosa. Apenas uma única gota de seu veneno é potente para matar centenas de bois.”

“Qualquer cultivador sob o Estabelecimento Fundamental mordido por uma dessas cobras, que não receber o antídoto em tempo, irá morrer. No fundo da caverna está o Rei Cobra, que está dentro do grande círculo de condensação Qi. Seja mordido por essa cobra, e até mesmo eu teria dificuldades em salvá-lo.”

“Se você não ficar entre os 5 primeiros na competição da Seita Externa, não se preocupe, não irei expulsá-lo da seita. Somente irei trazê-lo aqui e fazê-lo colher veneno.” Li Qinghou olhou para Bai Xiaochun,

“Um… uh… Tio Li, não se preocupe, é somente uma pequena competição da seita, certo? Só entre os 5 primeiros, você disse, certo? Eu definitivamente irei fazê-lo!” a língua de Bai Xiaochun parecia estar espetando o topo de sua boca e sua face estava um pálido morto. Quando ele escutou que no fundo da caverna havia víboras ainda mais assustadoras, ele prometeu a si mesmo que ele nunca mais iria voltar aquele lugar em toda sua vida.

Quando Li Qinghou ouviu a declaração de Bai Xiaochun, ele sorriu por dentro. Mas manteve a face inexpressiva, e até bufou conforme tirava Bai Xiaochun dali. Quando eles voltaram ao Pico Fragrância de Nuvem, ele jogou Bai Xiaochun em um caminho na montanha e se virou como se fosse embora.

Mas parou e olhou para trás. Com voz casual ele disse: “Oh certo, agora como estavam as galinhas de cauda espiritual?”

Sem esperar pela resposta de Bai Xiaochun, ele se virou e voou para longe.

Bai Xiaochun suspirou e se virou em direção ao pátio, franzindo as sobrancelhas o caminho todo. Conforme ele andava de volta, o vento soprou e o ruído das folhas o fez lembrar das víboras.

De volta ao pátio, ele se sentou por ali, rangendo seus dentes e de cara amarrada. “Li Qinghou… Mais para Li a Cobra! Ridículo!”

“Eu definitivamente nunca irei voltar ao Vale das 10.000 Cobras. Se eu for mordido, irei perder minha pobre e frágil vida.” Nesse momento Bai Xiaochun fez sua decisão. “Vou definitivamente dar meu tudo para chegar aos 5 primeiros!”

“Se eu estou para participar do campeonato, considerando meu nível atual de cultivação base, definitivamente irei precisar de um pouco de medicina espiritual!” Pegando fôlego, Bai Xiaochun fechou seus punhos. Um brilho selvagem apareceu em seus olhos conforme olhava em volta. Eventualmente seu olhar parou sobre o Bambu do Espírito do Inverno.

“Depois que eu terminar a missão do bambu do espírito do inverno e receber minha recompensa, terei pontos de mérito suficiente para pegar um pouco de medicina espiritual. Infelizmente o bambu ainda não chegou aos quinze metros. Não sei se isso supre os requerimentos…” Chegado a esse ponto de seu treino de meditação e Bai Xiaochun continuava incerto sobre o bambu. Contudo, não lhe havia nenhuma outra opção. Depois de fazer alguns cálculos, ele confirmou que o ponto crítico da vegetação espiritual estava chegando rapidamente.

Bai Xiaochun se arrastou por mais alguns dias. No amanhecer do quarto dia, ele se levantou cedo e foi até o bambu. Então entrelaçou seus braços em volta do caule de bambu, e um por vez os puxava para cima para arrancá-los do chão.

Ele descobriu que, imaginando que o bambu não aparentava ser muito pesado, cada caule parecia que era feito de metal e era incrivelmente pesado.

O chão tremia constantemente até os dez caules de bambu estarem desenraizados. Cada um estava próximo dos quinze metros de altura e espesso como uma pessoa. Jogando-os por cima de seus ombros, ele marchou para fora do pátio em direção ao Escritório de Missões.

Infelizmente, seu saco de conserva não era muito grande por dentro e o bambu não caberia dentro. Então teve de carregar fisicamente o bambu. Felizmente, ele estava muito mais forte agora, depois de alcançar a Pele Imortal de Ferro. Se não ele nunca seria capaz de cumprir a tarefa.

Conforme andava ele resmungou para si próprio. Mas se lembrou da competição, das víboras e da possibilidade de seus tendões sendo rompidos na luta.

“Porque eu sou tão azarado…?”